Quarentena

São tempos difíceis para todos. Neste momento todos estamos atravessando grandes desafios. A profunda crise a qual a humanidade como um todo atravessa tem nos mostrado que a travessia é longa. E que nem é simples e nem tão pouco, fácil. Será preciso desconstruir valores, hábitos, formas de viver e de trabalhar. Todos nós precisaremos ser resilientes, responsáveis, criativos, solidários e fortes. Precisaremos desapegar. A transformação agora é inevitável, ela já está em curso. A adaptação é a nova lei. Quais recursos você tem utilizado para atravessar este período? Vejo que a natureza sempre nos dá recursos para atravessarmos as situações da nossa vida, precisamos estar ligados com ela. Podemos utilizar recursos simples como tomar Sol diariamente, parece que não faz diferença, mas faz. Manter uma rotina de autocuidado também. Buscar na medicina natural, chás, plantas, óleos, ervas, vivências e terapias. Praticar exercícios, ou, até mesmo apenas alongamentos, o importante é se movimentar e estabelecer uma rotina. Conversar e ouvir quem está ao nosso redor, nossa família e também quem está longe fisicamente, mas perto do coração. E se pudermos, auxiliar alguém que precisa, nem que seja com uma palavra de conforto, ou, alguns minutos de atenção, mesmo a distância.

Vamos cuidar de si e cuidar dos outros, com atenção. Respirar. Aprender. Esta foto foi minutos depois da meditação de ontem. Não que eu seja alguém altamente espiritualizado por meditar, não sou, sou apenas uma buscadora. Na verdade eu venho aprendendo com o tempo e com pessoas que entendem e me guiam até este aprendizado, que bom que existem estas pessoas que está há mais tempo no caminho e guiam as outras. Pois, quem diria que uma pessoa tão acelerada como eu conseguiria um dia parar para meditar? Podemos conseguir sim, mas para qualquer mudança precisamos dar o primeiro passo. Um impulso inicial. Buscar os bons recursos que podem nos atender e também atender os outros. Abrir-nos pra isso. Abrir-nos para uma mudança de percepção sobre a vida.

Nós fazemos parte da natureza e os recursos podem estar dentro de nós, mas temos que parar, mediante tudo a nossa volta e tentar compreender a si no meio disso tudo, sentir como isso tudo tem nos afetado e qual o nosso papel na mudança. Ouvir a si mesmo e o nosso coração. Literalmente trabalhar a terra para semear a mudança. Não é fácil enxergar nossas sombras, nunca foi, nem será. Não tenho essa ilusão que se transformar é um caminho só de flores, há dores, muitas vezes profundas, e é preciso enxergá-las, aceitá-las, para poder transformá-las com muita luta, busca e querer. Só depois que vemos as flores do caminho e se tivermos a condição de ver. E todos nós precisaremos fazer este caminho, cada um no seu tempo e ritmo. A crise escancara as nossas sombras, ela revela o que estava oculto. A crise é macro, mas também é micro. Ela também é individual. E como indivíduo que somos, estamos inseridos e fazemos parte dela, inevitavelmente teremos que fazer a nossa parte. O importante é buscar recursos para fazer esta travessia, se não conseguir sozinho, pedir a quem pode auxiliar, não é vergonha nenhuma pedir um auxílio. Em tempos de crise e distanciamento social, a solidão é mais presente e muitas vezes a única amiga. Mas, a esperança se mostra uma luz infinita e superior a tudo isso. Está lá no alto brilhando a certeza que tudo passa. E também pode se apresentar numa palavra de um amigo ou conhecido e até de um desconhecido que se propôs a ouvir; numa doação inesperada para quem precisa, ou, em um ato simples de ouvir alguém que está desesperado, numa ligação, em um rezo, numa oração. Mais do que nunca, como diz a canção: é preciso estar atento e forte. Sejamos.

Fotografia registrada ontem, após meditação ativa, dia 60 da quarentena.

8 comentários em “Quarentena

  1. Belas palavras Vanessa. Vc descreveu de tudo um pouco . Dias difíceis , as vezes acordamos pensamos q era só um sonho , ou um pesadelo . A esperança é se apegar a Deus e a pensentos positivos …grande bjos e belas palavras

    Curtido por 1 pessoa

  2. Isso mesmo Vanessa, temos que buscar recursos na natureza e dentro de nós mesmos para enfrentar a quarentena e essa crise mundial que vai nos trazer profundas mudanças!! Beijos!!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Muito real. A meditação canaliza essa reflexão do alto e põe pra fora preocupações, fazendo com que saibamos lidar com as situações dificeis, ser mais irmão, tocar a vida com mais simplicidade, entender e confiar no caminho, que tudo tem uma razão de ser, e ser grato.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim Clara, eu sinto que ela nos reconecta, nós interiorizando mas ao mesmo tempo que aterra nossos sentimentos, aflições e inquietações, trazendo assim mais confiança junto com este aterramento. Grata pela sua partilha aqui. ♡

      Curtir

  4. Boa noite minha filha. Não tinha visto ainda o texto ” Quarentena “, desculpe, só agora que vi e achei muito importante esse tema no momento crucial da pandemia que felizmente agora estamos saindo aos poucos nessa flexibilização cuidadosa mas ainda com o medo de uma segunda onda como acontece em alguns países da Europa que relaxaram no isolamento e cuidados de higienização. Graças a Deus estamos sobrevivendo a essa pandemia mas infelizmente com um sentimento de perda dos que não conseguirão sobreviver e que esse período serviu de experiência de enfrentar momentos difíceis e que esse novo normal que tanto se fala no pós pandemia seja de reflexão de sentimentos de mais amor pelo próximo e mais união entre os países, governos e organizações de saúde no objetivo de combater essa pandemia com a chegada da vacina que vai deixar tocarmos a vida com mais tranquilidade. Deus abençoe todos ai. Abraços e beijos de saudades de todos daqui.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muito importante essa sua reflexão Pai. Que a gente possa sair mais fortalecido desta pandemia, que Deus conforte todas as famílias que perderam seus familiares para a Covid e o mundo e os governantes reflitam mais sobre União, paz, saúde, sustentabilidade e amor. Para fazermos as mudanças necessárias para isso. Grata. Beijos e abraços.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s