Queria

Queria Eu ser poeta
Daquelas com Eu lírico apaixonado
E escrever os mais lindos versos
De amor, contidos no coração.
Queria Eu escrever sobre a paixão
Como Hilda e Florbela
Com uma caneta e a liberdade como bandeira.
Queria Eu emancipar todos os sentimentos humanos
Através de uma folha em branco.

Vanessa, 17.07, Lua Crescente.

Da série de poemas autorais: Escritos do coração.

Auto-retrato registrado ontem. Sem filtro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s