O ar

O ar que move A vida, a palavra e o tempo Um elemento que se condensa  Se transforma Se desloca Transporta. O ar que traz A energia, a respiração e o momento Abstrato, sem forma, nem cor Acende o fogo interior Do nascimento. A gente sente o aroma dos ventos E todo o seu movimento.  … Continue lendo O ar

Preenchimento

Em tempos de preenchimento E harmonização estética Procuro harmonizar minha moral com a ética. Em tempos de superficialidades Procuro definir as prioridades. Em tempos de imposição de padrões Procuro trilhar o caminho da beleza E reconhecer as riquezas da natureza As potencialidades do ser além do que se ver. A arte de viver E de … Continue lendo Preenchimento

Ser mulher

Ser mulher e resistir Ciclicamente renascer Alvorecer um feminino reconstituído  A cada passo dado no caminho.  Ser mulher e ascender  Enraizar-se no saber  Das que vieram dantes   No poder ancestral e maternal Registrados na terra.  Ser mulher e poder gerar como Eva. Ultrapassar as fronteiras do compreensível  Viver o mistério de transcender em si As … Continue lendo Ser mulher

Olhos nos olhos

Estes dias tenho refletido sobre o simples ato de olhar nos olhos. Quem me conhece sabe que para mim isso é essencial. Mas, surpreendentemente estes dias isso tem se apresentado pra mim como algo que causa estranhamento nas pessoas. Uma pessoa querida me falou, numa conversa descontraída em família, que gosta de ter contato visual … Continue lendo Olhos nos olhos

Lua crescente

Lua crescente Energia latente Luz ascendente Fluidez potente; Conexão imponente Mulher consciente Força envolvente Um elo, um ventre; Sentimento eloquente Água fluente Uma direção, em frente Abundantemente. Vanessa Pinheiro, lua crescente, 25.10.20. Fotografia registrada por Artur Mendes, em Minas Gerais, outubro de 2020. Todos os direitos reservados.

Da janela

Da janela, assisto o ritmo da natureza na vida simples da roça. A qual, o ritmo de vida das pessoas acompanha o tempo da natureza. De manhã cedo os bichos cantam e chamam avisando o nascer de um novo dia… Ontem à tarde as seriemas cantaram alto felizes (não conhecia) após uma chuva rápida depois … Continue lendo Da janela

A menina sorriso

A menina sorriso nasceu Em um sonho de amor; Um sonho poético  Um arco em flor. Um poema divino  Escrito pelo Criador. A menina sorriso desabrochou  Alegria que corre  Que brilha e vibra  No olhar de cientista descobridor  Da natureza da vida que germina A semente do amor. Transborda na terra No ar No mar E no … Continue lendo A menina sorriso

Lua cheia

A lua cheia nascendo Sua luz prata e brilhante  Moveu-se no céu, estonteante.  Enquanto ela se movia,  Algo aqui dentro também renascia,  Uma esperança e alegria E um novo olhar para os meus dias. Presente da natureza, Presságio de belezas, Um sonho de abundância; Uma realidade constante. - Vanessa Pinheiro, escrito em 17.09.20. Poema inspirado … Continue lendo Lua cheia

Bem-te-vi

Bem-te-vi livre a cantar Celebrando os novos ares Com perfume de Primavera; Bem-te-vi transformar Cantando as belezas da natureza Trazidas pelo ar; Bem-te-vi alegrando a vida A cada alvorada de um novo dia Amanhecendo esperança Como coração de criança; Bem-te-vi passarinho; Atravessando um deserto Avistando um oásis No horizonte dourado Iluminado pelo reflexo solar. (Vanessa … Continue lendo Bem-te-vi

Maternidade e caos

Enquanto a comida está no fogo, caiu a mesa de passar, com o gato que estava dormindo, ferro de passar, roupas e com tudo que estava em cima aos pés da criança e sobre os potes de comida do gato, o barulho é tamanho que você corre desesperada igual uma doida pra ver o que … Continue lendo Maternidade e caos